CARMO S.A.


Fundada: 1988 | Sede: TRAVASSOS | Área: Indústria

Ver Site

RUI BENTO


Nível de Heroísmo 4.958041958042

Impacto Social

Capacidade Inspiracional 4.965034965035

Pontuação Apurada: 710

Quando tudo desapareceu no incêndio de 15 de Outubro, nós decidimos que íamos reconstruir e ainda crescer.



01

Antes do salto

A CARMO, S.A., doravante designada de CARMO, é uma empresa constituída em Abril de 1988, no concelho de Oliveira de Frades. O Grupo CARMO é composto por um conjunto de 10 empresas, com sede em Portugal, e todo o processo de transformação, criação de produtos, na quase totalidade em madeira, e desenvolvimento técnico é português. O Grupo oferece uma vasta gama de produtos no território nacional e além-fronteiras, em sectores tão distintos como a agricultura, mundo equestre, construção, turismo, lazer, segurança e telecomunicações.

O Grupo CARMO exerce a maioria do seu trabalho na área florestal, e em particular, desenvolve soluções com base na madeira tratada e é já a maior empresa europeia produtora em soluções de exterior.

Mesmo nestes anos de grande complexidade de produção, face aos incêndios ocorridos, a empresa Carmo SA vai aumentar significativamente a sua produção e as vendas, e com todo o dinamismo e força das suas equipas, após vencer a grande adversidade da perda irá voltar a encetar o caminho de se tornar uma empresa de referencia na indústria Portuguesa, criador de postos de trabalho e como marca nacional e internacional de renome.

02

O que motivou o salto

Os incêndios de Outubro de 2017 abriram um enorme desafio para a Carmo. Em horas ficámos sem edifícios, sem máquinas e sem stock. 

Tínhamos a nossa força de trabalho, as equipas, a vontade e as encomendas de clientes. Logo tínhamos o essencial.

Não poderia ser pelas enormes carências que iriamos parar. As diversas ajudas de variados meios, seja de máquinas, de disponibilização de espaços, e mais do que tudo a mobilização e motivação das equipas, tornou-se o maior desafio.

Perante este enorme desafio do Incêndio de 15 de Outubro, que “varreu” todas as nossas instalações, e que nos deixou sem nada, tínhamos de agir. Tal como no passado a base era criar uma estratégia e motivar equipas para responder. Essa é a base para reconstruir, voltarmos a planear, ajustar meios e voltar a crescer.

03

O salto

A estratégia e o planeamento fazem a diferença. Mesmo acontecendo o que nunca se espera, a existência de planeamento faz-nos andar mais depressa.

Já existiam na empresa (desde 2013) Planos estratégicos para o Grupo Carmo pelo período de 4 anos. Nesse documento estava espelhada a reorganização dos negócios por unidades estratégicas, e foi efetuado um reajustamento de áreas de negócio. Após a concretização desse plano, abrimos em 2017 um novo plano estratégico – o CARMO 2020, no qual continuaremos a crescer, sólida e estruturadamente. Mas nesta fase tivemos de adaptar tudo.

A perda total fez-nos reajustar completamente o plano.

Estamos a efetuar a construção de todos os edifícios, maquinas e sectores de produção destruídos no incendio, e criámos já uma grande base estratégica, nomeadamente o plano de sustentabilidade.

Procurar-se-á criar meios para manter a satisfação dos clientes e mercados, mesmo na fase mais complexa da reconstrução das fábricas, e com isso manter a notoriedade da marca e do serviço.

Em resumo, mais do que medidas únicas para cada área a estratégia e o planeamento, são a grande base do sucesso que atualmente a empresa atingiu e ainda mais vai atingir no futuro. 

Deixa-nos esperançados que as alterações na estratégia fruto da adaptação necessária por termos perdido tudo, se estão a mostrar desde já como acertadas, pois estamos a vender o mesmo que antes do incêndio, e esperamos continuar a crescer.

04

Os resultados do salto

A história da implementação do plano estratégico é um enorme sucesso. Conseguimos duplicar vendas, diminuir a divida para metade, triplicar EBITDAS, contratar e criar mais postos de trabalho, aumentar a nossa quota, aumentar exportações e caminhar para uma marca internacional.

Agora, dentro do novo plano de recuperação, o qual está desde já estruturado para todas as eventualidades, e após a destruição total das instalações, iremos reerguer a empresa e conseguiremos até 2020 duplicar de novo a empresa, tal como o fizemos nos últimos 4 anos.

04

Os resultados do salto

A história da implementação do plano estratégico é um enorme sucesso. Conseguimos duplicar vendas, diminuir a divida para metade, triplicar EBITDAS, contratar e criar mais postos de trabalho, aumentar a nossa quota, aumentar exportações e caminhar para uma marca internacional.

Agora, dentro do novo plano de recuperação, o qual está desde já estruturado para todas as eventualidades, e após a destruição total das instalações, iremos reerguer a empresa e conseguiremos até 2020 duplicar de novo a empresa, tal como o fizemos nos últimos 4 anos.