Ename S.A.


Fundada: 2000 | Sede: Viseu | Área: Serviços

Ver Site

Rui Silva

Com apoio de Mara Almeida, Joao Rocha e CP_1552-5267-0171


Nível de Heroísmo 5

Impacto Social

Capacidade Inspiracional 4.9047619047619

Pontuação Apurada: 104

De Viseu para o mundo... 3 empreendedores que acreditaram que Portugal faz bem!



01

Antes do salto

A Ename foi criada no ano de 2000, em Viseu e com apenas 4 pessoas a trabalhar numa pequena loja de 120m2. O ambito da empresa era reparar equipamentos electrónicos avariados.

Mas não queríamos ser apenas mais um centro técnico, queríamos ser diferentes dos demais (demasiado pequenos e demasiado limitados em termos de recursos e ferramentas de trabalho). Desde a nossa criação que tínhamos a ambição de ser grandes, de dar trabalho a muita gente, de reparar um volume de equipamentos nunca antes visto em Portugal, de ter ferramentas de trabalho nunca antes vistas em Portugal e de com tudo isto trabalhar não apenas em Portugal, mas em vários países... mas para tudo isso acontecer precisávamos que alguém acreditasse em nós... os fabricantes dos equipamentos!

02

O que motivou o salto

Percebemos que para podermos atingir os objectivos a que nos propusemos teríamos que ter volume de trabalho e esse volume de trabalho só chegaria se conseguíssemos convencer os fabricantes dos equipamentos electrónicos e por isso desde a primeira hora que os tentamos convencer de que uma pequena empresa de Viseu, recém criada mas composta por excelentes profissionais, com ideias muito esclarecidas e uma visão sobre uma metodologia de trabalho inovadora, seria a aposta correcta para eles...

Conseguimos os nossos primeiros clientes fabricantes logo em 2001 (LG Electronics) e em 2002 (a Brother e a BenQ), mas como queríamos mais, queríamos mostrar que tínhamos a capacidade de nos internacionalizar, continuamos a procurar pelo cliente certo, aquele que nos proporcionasse essa oportunidade de dar o salto... até que ele apareceu!

03

O salto

O salto foi proporcionado por um novo potencial cliente, a Asus que procurava uma empresa que tivesse a capacidade de ser o seu único Centro de Assistência Técnica, em toda a Península Ibérica, em regime de exclusividade...

Nós achamos que esse era o cliente que procurávamos, aquele que seria "game changing" para nós e nos permitiria por um lado atingir o objectivo da internacionalização e por outro servir de case study para que outros lhe seguissem o exemplo e apostassem em nós.

Por isso passamos vários dias (e noites) a estudar os requisitos do cliente, a analisar o mercado, a analisar como funcionavam as movimentações logísticas e no final do processo achámos que tínhamos a capacidade de responder ao desafio e de uma maneira inovadora... sendo a primeira empresa Portuguesa a recolher equipamentos de Espanha, para serem reparados em Portugal e depois novamente devolvidos a Espanha!

Com isto ajudaríamos a economia local de Viseu criando empregos e faríamos algo nunca antes feito em Portugal.

04

Os resultados do salto

A nossa proposta foi aceite pelo decisor da Asus, que na altura se revelou também bastante audaz e perspicaz.

Este cliente permitiu-nos dar verdadeiramente um salto enorme... começámos em 2004 a reparar equipamentos de Espanha, nas nossas instalações de Portugal... em 2005 criamos empresas em Madrid (apenas por uma questão de facturação nos casos fora de garantia) e em Tenerife (para realmente reparar equipamentos das ilhas Canarias localmente e assim contornar o problema da alfandega) e em 2007 criámos empresa em França... e toda esta expansão geográfica começou graças a este cliente.

Porque a parceria correu tão bem, usámos este cliente como exemplo e rapidamente outros o seguiram e contrataram os nossos serviços... hoje temos 10 empresas a trabalhar a Iberia e 3 a trabalhar Iberia + França.

Temos mais de 100 colaboradores no grupo, a trabalhar em mais de 8000m2 de instalações e a reparar mais de 10000 equipamentos, tudo graças a este cliente, que nos proporcionou este salto.

04

Os resultados do salto

A nossa proposta foi aceite pelo decisor da Asus, que na altura se revelou também bastante audaz e perspicaz.

Este cliente permitiu-nos dar verdadeiramente um salto enorme... começámos em 2004 a reparar equipamentos de Espanha, nas nossas instalações de Portugal... em 2005 criamos empresas em Madrid (apenas por uma questão de facturação nos casos fora de garantia) e em Tenerife (para realmente reparar equipamentos das ilhas Canarias localmente e assim contornar o problema da alfandega) e em 2007 criámos empresa em França... e toda esta expansão geográfica começou graças a este cliente.

Porque a parceria correu tão bem, usámos este cliente como exemplo e rapidamente outros o seguiram e contrataram os nossos serviços... hoje temos 10 empresas a trabalhar a Iberia e 3 a trabalhar Iberia + França.

Temos mais de 100 colaboradores no grupo, a trabalhar em mais de 8000m2 de instalações e a reparar mais de 10000 equipamentos, tudo graças a este cliente, que nos proporcionou este salto.